Por Raissa Fernanda em
4 de dezembro de 2017
Blog > Empreendedorismo > 5 tendências do setor de alimentação que você deve conhecer

5 tendências do setor de alimentação que você deve conhecer

Por Raissa Fernanda em 4 de dezembro de 2017

É fato que o consumidor apresenta um perfil mais moderado diante dos mais variados mercados. Todas as listas de tendências do setor de alimentação, por exemplo, indicam que as pessoas estão comendo ou bebendo menos e melhor.

A projeção para os donos de restaurantes também aponta para a praticidade do delivery e a personalização dos cardápios, indicando sempre que menos é mais — e, acredite, essa frase nunca foi usada com sentido tão literal quanto agora!

As principais tendências do setor de alimentação

Antecipar as práticas que fazem sucesso lá fora pode diferenciar o seu negócio da concorrência e alavancar as vendas. Quer saber quais são as principais? Confira!

1. Delivery com drone

Essa tecnologia começou a fincar raízes no Brasil há pouco tempo e despertou interesse de empreendedores do ramo da alimentação. Em 2014, uma pizzaria de Santo André, na região metropolitana de São Paulo, realizou uma entrega com drone e acabou sendo alvo de uma investigação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

A liberação do uso de drones com essa finalidade está emperrada tanto aqui quanto lá fora. No final do ano passado, a Amazon fez uma entrega de produtos na Inglaterra. As redes de fast-food americanas Domino’s e Chipotle Mexican Grill também já fizeram tentativas.

2. Valorização do artesanal

Mais uma das tendências do setor de alimentação é a valorização do trabalho artesanal e dos produtos direto do campo. O conceito “do campo à mesa” conquista os consumidores que preferem saber de onde vêm os produtos comprados.

Esse cenário tem relação com a mudança de hábito das pessoas, que estão dando preferência aos alimentos saudáveis e orgânicos, além de incentivarem o trabalho dos pequenos produtores. Talvez seja uma ótima opção informar os seus clientes onde as verduras e legumes são comprados e, quem sabe, convidá-los a conhecer esses lugares.

3. Apps ainda em alta

Estima-se que o Brasil terá um smartphone por habitante até o final de 2017. Dados da FGV apontam que até outubro serão 208 milhões de aparelhos e o crescimento não para. Por isso, o uso de aplicativos na área de alimentação continuará sendo uma tendência.

Se você cogitou sair dos apps de delivery, como o iFood, Hellofood, PedidosJá e outros, é melhor voltar atrás. Certamente, eles trarão mais retorno do que os antigos panfletos e ímãs de geladeira.

4. Cardápio personalizado

Essa é, sem dúvidas, uma das maiores tendências do setor de alimentação. O público, que antes “beliscava” opções em cardápios generalizados, agora valoriza os menus que foram pensados especialmente para as suas necessidades.

Estamos falando das pessoas que seguem uma dieta restritiva — sem glúten e sem lactose — ou são adeptas do vegetarianismo ou veganismo. Por serem mais saudáveis, esses tipos de comida também conquistam outros públicos.

5. Self-service renovado

Quando o cliente faz o próprio prato chamamos de self-service aqui no Brasil, certo? Mas essa prática foi repaginada pelo conceito Build Your Own Bowl (BYOB). Segundo a Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo, o termo é algo como “monte sua própria tigela”.

A ideia é que o cliente combine vários ingredientes que estão à disposição e monte seu próprio pedido — sem menus e pratos pré-determinados. O formato, que faz sucesso nos Estados Unidos, dá liberdade criativa ao consumidor.

É claro que todo mundo enfia o pé na jaca de vez em quando. Mas, de maneira geral, o consumo de alimentos está em desaceleração. Os banquetes fartos, com comilança excessiva e estômagos dilatados, deram lugar a outra palavra: qualidade.

Um dos maiores pontos positivos dessas tendências do setor de alimentação é que os clientes não se importam em pagar. Pelo contrário, eles pagam até mais caro por alimentos que atendam aos seus valores e necessidades!

Você também acha isso? Deixe o seu comentário e compartilhe com a gente sua percepção sobre as direções possíveis para esse mercado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se inscreva no Blog da Ticket

Junte-se aos seguidores da Ticket! Se increva em nosso blog e receba os
últimos artigos em sua caixa de e-mail.
Siga:

Mais lidos no blog

Publicidade:
Política de Privacidade