Por Raissa Fernanda em
4 de janeiro de 2018
Blog > Gestão do negócio> Afinal, você sabe o que fazer para otimizar a cozinha do seu restaurante?

Afinal, você sabe o que fazer para otimizar a cozinha do seu restaurante?

Raissa

Ei, você, empreendedor do universo gastronômico: já parou para pensar nos benefícios que teria ao otimizar a cozinha do restaurante? Pois é, algumas mudanças bastante simples podem fazer o trabalho nesse ambiente — um tanto quanto conturbado — fluir como água.

Detalhe: ter um pequeno negócio não é desculpa para falta de organização. Por isso, não importa o tamanho da sua cozinha, sempre há formas de melhorar os processos. E se ampliar a capacidade de atendimento for um dos seus objetivos para os próximos meses, você está no lugar certo!

Avalie a utilidade dos equipamentos

Todo restaurante conta com uma infinidade de elementos para fazer a “máquina” funcionar. De refrigeradores e freezers a fornos, pias, bancadas, armários e utensílios. O primeiro grande passo para otimizar a cozinha do restaurante é avaliar se tudo o que está dentro desse ambiente é realmente utilizado.

Pode parecer estranho, mas muita gente gosta de acumular objetos e equipamentos. Se existe algo parado na sua empresa, dê um jeito de descartar ou faça uma doação. Outro ponto importante é analisar a posição das tomadas e dos encanamentos. Esses itens estão nos locais certos? Caso contrário, ligar um simples liquidificador causará dor de cabeça.

Invista em equipamentos práticos

Um espaço profissional deve contar com equipamento práticos, que ajudem a otimizar a cozinha do restaurante. Entre eles: máquina de lavar louças, cortador de legumes, processador de alimentos, freezer ultra, espremedor para suco de frutas e balança, entre outro.

Além de melhorarem a rotina de preparo dos pratos, facilitando o trabalho dos funcionários, esses itens podem colaborar com a economia de energia elétrica e água.

Pense na organização espacial

De nada adianta ter os equipamentos certos se tudo está fora do lugar. O ideal é imaginar uma linha de produção na cozinha, fazendo bancadas específicas para o preparo de cada etapa dos pratos. Quando bem distribuída, a equipe poderá trabalhar melhor sem se “trombar” dentro do espaço.

Planeje bem onde ficarão os armários, as prateleiras, os fogões, as pias e os utensílios complementares. É importante não se esquecer dos corredores para passagem, mas pensar que quanto menos movimento for necessário, maior será a produtividade — cada colaborador atuando na sua própria bancada.

Estabeleça uma hierarquia na cozinha

Por falar em equipe e em colaboradores, chegamos a um ponto que é crucial para otimizar a cozinha do restaurante. Você já parou para pensar na hierarquia desse setor, que é o coração da sua empresa? Sim, ela é essencial!

Mais uma vez, não importa o tamanho da sua equipe. Seja uma cozinha pequena, um restaurante de bairro ou uma cozinha industrial. Qualquer ambiente demanda uma divisão clara de tarefas, para que cada pessoa saiba quais são as suas responsabilidades.

Uma equipe de cozinha é chamada de “brigada”. Em diversos restaurantes, há 1º, 2º e até 3º cozinheiro, cargos diferenciados apenas por tempo de serviço e salário.

Mas o restante da hierarquia inclui o chef de cozinha, o sub-chef e, às vezes, um chef de praça (que cuida da carne, da salada ou das sobremesas, por exemplo). Por último, entram auxiliares e estagiários, que podem cuidar da louça ou do mise en place.

Organize para otimizar a cozinha do restaurante

Toda essa organização ajuda a otimizar a cozinha do restaurante, já que o planejamento vem antes da execução. Se for preciso, separe um final de semana para reorganizar o espaço, anotar quais são os equipamentos que fazem falta ou que estão sobrando.

Pequenos reparos podem trazer grandes vantagens nessa reestruturação. Para avaliar o custo-benefício de cada investimento, pense em como as novas ideias transformarão o trabalho na cozinha, trazendo agilidade no preparo dos pratos e economia nos recursos.

Você já tinha parado para pensar na logística existente dentro da sua cozinha? Esperamos que depois dessa leitura você consiga refletir e obter bons resultados. Deixe o seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política de Privacidade