Blog > Gestão Financeira> Por que a empresa não deve oferecer o vale-transporte em dinheiro?

Por que a empresa não deve oferecer o vale-transporte em dinheiro?

Oferecer o vale-transporte em dinheiro pode não ser a melhor alternativa para sua empresa. Saiba porque oferecer o vale-transporte em cartão!

 

Muitas organizações ainda escolhem oferecer o vale-transporte em dinheiro para os seus colaboradores.

Isso é comum especialmente em pequenas empresas — afinal, porque procurar uma operadora de cartões para um problema que pode ser resolvido com dinheiro?

No entanto, oferecer o vale-transporte em dinheiro pode causar diversas complicações. Confira algumas delas!

Problemas de controle do vale-transporte

Sua empresa pode não apenas se atrapalhar, mas também perder quando oferece o vale-transporte em dinheiro.

A organização fica bem mais difícil, e você não tem como saber se o dinheiro, de fato, é gasto onde deveria, o que faz com que a empresa gaste mais que o necessário na maioria das vezes.

O próprio colaborador pode perder o controle, já que o dinheiro dado para o vale-transporte pode facilmente se misturar com a quantia que ele tem para outras contas e, assim, ele pode chegar ao fim do mês sem nada para o transporte.

Colaboradores insatisfeitos

O vale-transporte em cartão é muito mais seguro e efetivo do que o entregue em dinheiro. Se o seu colaborador perdê-lo, por exemplo, a empresa ainda está com o saldo sob controle e pode substituí-lo. Isso não acontece quando o vale-transporte é oferecido em dinheiro.

Do mesmo modo, colaboradores que moram longe do trabalho e precisam pegar mais de uma condução podem ter problemas para controlar o dinheiro gasto no dia a dia. Por isso, oferecer o vale-transporte em dinheiro os deixa inseguros e insatisfeitos.

Erros de cálculo

Imagine que você deve calcular o quanto cada colaborador precisa no vale-transporte, considerando que alguns pegam mais conduções do que outros.

Agora, imagine ter que contar esse dinheiro na mão, entregando exatamente o necessário para cada um.

Todo esse processo está sujeito a erros de cálculo que podem fazer com que a empresa dê mais ou menos dinheiro do que o necessário para cada colaborador, e gera problemas que são difíceis de resolver depois.

Problemas judiciais

A maior parte das empresas que pagam o vale-transporte em dinheiro não tem como comprovar essa transação, já que o colaborador não precisa assinar nenhum documento e nada fica registrado.

Isso, somado à possibilidade de erros de cálculo que já discutimos, abre margem para problemas judiciais com colaboradores insatisfeitos.

Mais problemas para os profissionais de Recursos Humanos

O setor de Recursos Humanos é o grande prejudicado quando sua empresa oferece o vale-transporte em dinheiro. Isso porque são seus profissionais que precisarão calcular e distribuir o dinheiro do transporte para cada um, além de resolver os problemas que se desenrolam a partir disso.

Esse é um processo difícil e custoso. Por isso, em empresas em que o vale-transporte é oferecido em dinheiro, a área de Recursos Humanos tem menos tempo para cuidar de outros fatores da empresa.

Contratar uma empresa que ofereça um cartão como vale-transporte é a melhor opção, garantindo um controle maior para o seu negócio e mais segurança para os seus colaboradores. O Ticket Transporte é uma dessas opções, e traz muitos benefícios para quem o oferece e para quem o utiliza.

Entre em contato com a Ticket para saber mais sobre o Ticket Transporte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política de Privacidade