Blog > Empresas> Logística reversa: saiba o que é e descubra como ela atua no seu negócio!

Logística reversa: saiba o que é e descubra como ela atua no seu negócio!

Equipe

 

Saiba tudo sobre logística reversa!

Um modelo logístico chama a atenção nas organizações pela sua contribuição para o sucesso dos negócios. Trata-se da logística reversa, que também promove a sustentabilidade nas empresas.

Mas você sabe realmente do que se trata? Já ouviu falar sobre o assunto ou isso não faz muito sentido para sua empresa?

Nesse post, explicaremos tudo sobre esse modelo logístico que atua, principalmente, sobre a dinâmica empresarial, com destaque para o desenvolvimento da cadeira de distribuição e a postura sustentável das organizações.

Ficou interessado em conhecer a fundo esse assunto? Então, acompanhe com muita atenção o nosso post!

O que é a logística reversa?

A logística reversa pode ser definida como o controle e a operacionalização do fluxo de um material ou produto desde o seu ponto de origem até o seu local de consumo. Ela também é chamada de inversa ou de reversível.

Esse modelo logístico é praticado há muito tempo por empresas de vários segmentos, que viram o quanto de benefícios ele traz para os negócios. Alguns exemplos são a utilização de vasilhames retornáveis para a coleta seletiva de resíduos ou para a comercialização de produtos.

No entanto, foi recentemente que a logística inversa passou a ser nomeada e identificada como um processo específico. Também podemos dizer que é a área da logística com foco no retorno dos materiais já utilizados para o processo produtivo e que visam o reaproveitamento ou o descarte apropriado e a preservação ambiental.

Além disso, quando uma empresa consegue empregar um processo de logística reversa de maneira lucrativa, ela incentiva sua sustentabilidade ambiental ou econômica.

Como fazer?

Para você desenvolver o processo de logística reversa na sua empresa, suas ações deverão ser baseadas em planejamento, execução, revisão da programação e avaliação, como qualquer outro.

É importante que você saiba que esse tipo de logística se interessa em acompanhar a vida útil de um produto, com procedimentos específicos tanto para lidar com itens desenvolvidos por defeito ou desistência de compra quanto para promover o descarte adequado do lixo, o reaproveitamento e a reciclagem.

Dessa maneira, a logística inversa promove impactos que influenciam várias áreas da empresa e sua relação com a sociedade em geral e os consumidores.

Quais são as bases?

O modelo da logística reversa foi aprimorado nos últimos anos. Ele levou em consideração a importância do desenvolvimento sustentável e da manutenção de políticas ambientais dentro das empresas.

Entretanto, para desenvolver esse modelo de logística, é preciso:

  • Reconhecer a demanda ambiental;
  • Conscientizar-se sobre o congestionamento dos aterros sanitários;
  • Preocupar-se com o esgotamento de matérias-primas e o respeito à legislação ambiental.

Ao seguir essas diretrizes, você amplia a atuação da logística reversa além do seu espaço organizacional. Portanto, a partir de um processo dinâmico e bem planejado, ela faz com que as empresas dialoguem com a sociedade e busquem soluções sustentáveis para o crescimento do negócio e o desenvolvimento da comunidade.

Como ela atua no seu negócio?

É fato que o mercado atual está cada vez mais dinâmico e competitivo. O impacto da logística reversa sobre o negócio e a forma de uma empresa se posicionar frente aos seus próprios concorrentes podem ser muito significativos.

Esse tipo de logística oferece várias soluções que beneficiam um negócio. Isso acontece no momento em que as empresas buscam efetivar soluções para reduzir seus gastos e melhorar o desempenho da cadeia produtiva.

O processo de monitoramento do fluxo de produtos e materiais permite à empresa a criar ações que sejam capazes de recuperar produtos devolvidos, reciclados ou reutilizados.

Além disso, a rastreabilidade de um material ou produto oferece alguns elementos que otimizam a relação com consumidores e fornecedores.

As informações que você coleta direcionam as ações da empresa e ajudam a melhorar os preços ou prazos junto aos fornecedores ou a recuperar a confiança do consumidor diante de um problema com algum produto que precisou ser devolvido por desistência de compra ou defeito.

Também há um impacto positivo em relação aos custos com a logística e o transporte, uma vez que a empresa cria um processo sistematizado que acompanha o fluxo de cada produto ou material, agindo de maneira preventiva para solucionar possíveis problemas.

Assim, a logística reversa atinge toda a cadeia de produção.

Qual é a relação com a sustentabilidade?

Os desafios da logística reversa não se resumem apenas ao aumento da produção ou à economia. As empresas devem se posicionar ante questões que envolvem a sustentabilidade e, nesse sentido, as práticas de logística reversa podem contribuir muito.

É importante que seu negócio esteja alinhado à preservação do meio ambiente e garanta os recursos para que tanto as empresas quanto a sociedade em geral possam alcançar o máximo desenvolvimento ao longo dos anos.

A logística reversa oferece ganhos para a imagem e a reputação organizacionais, pois os consumidores estão cada vez mais exigentes e cobram das empresas posturas mais íntegras no que diz respeito à responsabilidade social.

Agora que você já sabe o que é logística reversa, que tal praticá-la na sua empresa? Pense nisso, invista nesse modelo e tenha muitos benefícios!

Gostou do nosso post? Acompanhe a Ticket no Facebook e fique por dentro dos assuntos ligados à sustentabilidade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política de Privacidade