Blog > Gestão de pessoas> Os fundamentos da gestão de pessoas: quais são eles?

Os fundamentos da gestão de pessoas: quais são eles?

Os fundamentos da gestão de pessoas: quais são eles?

 

Gestão de pessoas são práticas cujo objetivos são desenvolver e motivar os colaboradores de uma empresa. Essas práticas são fundamentadas em cinco ações: motivação, comunicação, trabalho em equipe, possibilidade de crescimento e desenvolvimento.

 

> Quer saber mais sobre Gestão de Pessoas? Confira nosso guia completo sobre o assunto!

Confira abaixo cada um com mais detalhes:

 

Motivação

Motivação é o primeiro passo. É o combustível que manterá o carro andando, ou em outras palavras, que manterá sua equipe engajada para buscar sempre melhores resultados.

Motivar pode ser um salário melhor, um plano de carreira, projetos desafiadores. Aí entram as metas, que irão balizar o termômetro de crescimento dos colaboradores. A cada meta alcançada, um benefício é garantido ao colaborador. Essa estratégia pode impulsionar as equipes e fazê-las entregar além do esperado.

Por outro lado, quem se sente desestimulado busca o verde da grama do vizinho. Mais do que isso, influencia quem está ao seu redor, contaminando o ambiente e a cultura da empresa.

 

Comunicação

Comunicação é o que irá garantir que a motivação seja vocalizada. A partir do momento que você abre espaço para o diálogo, você insere, você cria um sentimento de pertencimento nos seus colaboradores. A falta de uma comunicação clara pode gerar ruídos.

Reuniões gerais, entre os times e feedbacks são importantíssimos para o fortalecimento de uma cultura consistente. Você cria confiança e passa segurança. 

 

Trabalho em equipe

O trabalho em equipe é o que sintetiza a aplicação dos fundamentos da gestão de pessoas. Isso porque ele personifica a motivação individual de cada colaborador e vai além: mostra entrosamento, mostra o quanto seu ambiente é propício para as pessoas, juntas, funcionarem respeitando diferenças e focando em objetivos comuns.

Promova dinâmicas em grupo e estimule que seus times pensem juntos em soluções e estratégias. Além disso, invista no ambiente, como eventos internos, happy hours e confraternizações para além do horário de trabalho. O que agregar para o grupo, você está agregando para a empresa.

 

Possibilidade de crescimento

Não existe melhor investimento do que o investimento em si mesmo. Mas como o mundo está girando em uma velocidade maluca e temos que equilibrar 10 pratos simultaneamente, às vezes fica difícil pararmos para nos capacitar. Cabe então à empresa, sabendo que tem talentos em mãos, possibilitar o crescimento de seus colaboradores. É um jogo que você só ganha. Você motiva, você engaja, você insere e você retem seus talentos.

 

Desenvolvimento

Esse, por fim, é o ponto que segue a possibilidade de crescimento de seus colaboradores. É desenvolvê-los. Não adianta apenas dar feedbacks se você não dá o instrumental para melhorar as fraquezas dos seus colaboradores. Isso pode desestimular.

Ofereça treinamentos, cursos, workshops, para que seus funcionários se tornem mais completos e atualizados em suas respectivas áreas. Apesar de parecer um custo dispensável da empresa, na realidade é um tipo de investimento que ela faz não só nos próprios colaboradores, mas nela mesma. Afinal, quanto mais desenvolvidos e completos eles forem, melhor será o desempenho do negócio.

 

> Nós temos um e-book sobre Gestão de Pessoas. Complete sua leitura com diferentes formatos Ticket. Baixe gratuitamente aqui!

Usamos cookies para obter informações estatísticas, melhorar sua experiência de navegação e para personalizar conteúdos e anúncios. Para mais informações, acesse nossa Central de Privacidade.