Por Raissa Fernanda em
11 de dezembro de 2017
Blog > Mobilidade Urbana> Como sua empresa pode contribuir com a mobilidade urbana?

Como sua empresa pode contribuir com a mobilidade urbana?

Raissa

De acordo com dados apurados pelo IBGE em 2016, 56% da população brasileira vive nas cidades. São mais de 116 milhões de pessoas disputando espaço e tentando chegar a algum lugar, o que gera um grande problema de mobilidade urbana!

Levando em consideração que há mais incentivos para o uso do transporte individual, os problemas de mobilidade urbana evoluem para uma situação caótica. Ter carro é sinal de status social e um estudo da Fundação Heinrich Böll Brasil comprova isso. A instituição constatou que apenas na cidade do Rio de Janeiro, entre 2001 e 2013, houve um aumento de 73% na frota de veículos.

Você sabe o que a sua empresa pode fazer para mudar esse cenário?

Drible o problema da mobilidade urbana com home office 

Trabalhar em casa é um sonho para muitas pessoas, pois é uma forma de fugir dessa situação. Em 2016, a SAP Consultoria realizou a pesquisa Home Office Brasil com 325 empresas de áreas e portes diversos em vários locais do país.

O estudo comprovou que há um novo comportamento corporativo e que houve um aumento de 50% no número de organizações adotando esse modelo de trabalho.

Uma das vantagens do home office é o aumento de produtividade, causado, principalmente, por eliminar o problema da mobilidade urbana. O colaborador não precisa perder duas, três ou mais horas no trânsito para chegar cansado no trabalho e render bem menos do que sua capacidade.

Pense em horários alternativos 

A mudança nos turnos pode ajudar na mobilidade urbana, pois os picos de movimento nas cidades não contarão com o número costumeiro de pessoas nas ruas tentando ir ao trabalho ou retornar para casa.

Imagine uma empresa que ofereça um horário alternativo em que seu colaborador começa o expediente uma hora depois do momento de maior trânsito na cidade. O resultado disso é menos cansaço e mais concentração, já que, com as ruas e avenidas mais vazias, o percurso será mais tranquilo e, até mesmo, mais rápido.

Incentive o uso da bicicleta

Dependendo do percurso entre casa e trabalho, trocar o carro ou o transporte coletivo por uma bicicleta pode ser uma ótima solução. Mesmo que nosso país não tenha ciclovias e ciclofaixas suficientes para acolher essa demanda, o uso da bicicleta ocupa menos espaço, exige menos manutenção e não prejudica o meio-ambiente.

Além disso, o usuário ganha em qualidade de vida e bem-estar: pedalar fortalece o coração, os músculos, evita dores pelo corpo, faz bem para mente, ajuda a manter o foco e a deixar os problemas de lado.

Insistir nessa forma de locomoção é uma forma de incentivar que as autoridades invistam nessa opção de transporte, já que, à medida que o número de ciclistas nas ruas aumentar, a segurança também crescerá proporcionalmente.

Compartilhe e ofereça carona

Quando você sai de casa, provavelmente vê muitos carros com apenas uma pessoa: o motorista. Os outros quatro lugares ficam vagos e poderiam ser ocupados por vizinhos que estão indo para a mesma região ou por colegas de trabalho.

Também conhecido como car sharing, o compartilhamento do carro é uma boa saída para o problema da mobilidade urbana. Essa iniciativa reduz o número de veículos nas ruas e pode, até mesmo, fazer as pessoas deixarem de lado a ideia de ter o seu próprio automóvel.

MAS NÃO SE ESQUEÇA: A prática de carona solidária deve ser exercida somente com pessoas de sua confiança. Tanto para quem a concede, quanto para quem a recebe.

Incentive o uso de transporte coletivo

Muitas cidades já investem em faixas exclusivas para os ônibus mais seriamente. Em São Paulo, por exemplo, já existem corredores onde circula apenas esse tipo de transporte coletivo, como o da Avenida Berrini, o que aumentou bastante a velocidade e diminuiu a permanência dos passageiros no trânsito. As vantagens são ainda mais interessantes, mas podemos destacar:

  • Priorização do sistema viário da cidade;
  • Incentivo ao uso do transporte coletivo e permanência dos carros nas garagens;
  • Fluidez na circulação viária;
  • Redução no consumo de combustível;
  • Racionalização do uso do transporte e otimização da frota;
  • Utilização da frota de ônibus que já estava em circulação;
  • Redução dos custos com manutenção;
  • Integração mais simples com outras modalidades de transporte;
  • Compartilhamento mais racional dos espaços da cidade;
  • Revitalização da área ao redor do corredor exclusivo.

Sabia que enquanto um transporte coletivo agrupa um alto numero de pessoas, um carro comporta apenas 04 no máximo(dependendo do carro) e ocupa muito mais espaço nas ruas? Com o transporte coletivo, você diminui seu tempo produtivo no caminho até o trabalho, pois em algumas cidades o transporte coletivo tem faixas exclusivas de transito.

A questão da mobilidade urbana exige, ainda, muito debate e posicionamento das empresas. O uso do Ticket Transporte é importante para cumprir a lei e facilitar o gerenciamento do vale transporte. Incentivar seus colaboradores a abandonar o carro é uma forma de deixar o trânsito mais adequado para a locomoção ágil e descomplicada. Além de reduzir custos para sua empresa.

O que achou desse post? Continue por aqui e leia mais sobre mobilidade! 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política de Privacidade